domingo, janeiro 15, 2006

lembrando-se:

o vazio naum pode ser descrito por palavras.
o vazio é a ausencia delas.
é não entender nada disso.
eu e meus valores, minhas loucuras.
no meio disso tudo, que é muito maior que eu.
e dessas pessoas que mesmo assim eu amo.
e quero.
mas.
isso tudo é mais forte que nós.
escuta meu pseudo guardião, werther.
obrigado por gostar de mim, me dar tudo o que você me deu.
me ensinar tudo.
está claro, acabou.
e mesmo assim, sem volta, nem recomeço...
eu te amo.







tem pessoas que são lindas, mas não são tão bonitas assim.

6 comentários:

Rê disse...

Concordo em especial com a última linha.

Anônimo disse...

interessante.
mas mto martirizante.
nao sei se voce sente isso ou escreve pra ver se é isso mesmo.
acredito que nem voce sabe, apenas sei que voce pensa demais e nao vive por isso.

Anônimo disse...

interessante.
mas mto martirizante.
nao sei se voce sente isso ou escreve pra ver se é isso mesmo.
acredito que nem voce sabe, apenas sei que voce pensa demais e nao vive por isso.

Calças... disse...

entendi,não.

aninha disse...

mudei de idéia anonimo... ou vc acertou tdo isso pq me conheçe.. ou acertou, errando... pq o texto na verdade naum tem a ver com isso...

aninha disse...

cocozito.. eu tinha escrito uma respota ao anonimo dizendo q ele tinha acertado, mas naum podia dizer em público... e chamva-o para tomar um café..
ei anonimo, topa?