segunda-feira, maio 04, 2009

bode

quando a conheci ela achava que sabia de tudo.
andava com os olhos para dentro,
fitando o horizonte.

quando a conheci ela usava coletes
e não bebia cerveja.

apaixonei-me como sempre errando,
como sempre errei,
como quando acertei foi porque nisso não tive exito.

hoje ela diz que bebe gim
diz que bebe rum.
hoje ela diz,
e acha que sabe de tudo.

3 comentários:

Maria Negrão disse...

gostei de te ver escrevendo

v. disse...

que puxa. obrigada.
vim aqui visitar também. gostei da liberdade que se encontra aqui. coisa pra se aprender.
=)

Diadorim disse...

E alguém sabe de tudo?