terça-feira, julho 04, 2006

blocos de lego

quando eu era pequena, era bailarina sem saber.
flutuava no piso aqui de casa.

era flautista auto-didata,
espalhando melodia sem dizer nada.

antes de tudo girava,
através dos nomes, e das datas,
respirando liberdade,
meu carinho costumava ser de graça.

7 comentários:

vic disse...

seu carinho ainda é de graça eu acho.
ou será que não?

Calças... disse...

não te invejo, em ti me espelho.
quando eu for sapeca, vou roubar teu isqueiro ex-fumante e colocar no meio dos meus peitos. quero ver você achar.

lau disse...

acho que vc ainda tem um pouco de bailarina.. menos quando vc cai no onibus... mas sinuca é puro balé, lembra?

lee morgan disse...

acho que eu pensei o mesmo que a vic.

mas eu vou desencanar de elogiar seus textos eles andam lindos...

lee morgan disse...

acho que eu pensei o mesmo que a vic.

mas eu vou desencanar de elogiar seus textos eles andam lindos...

Anônimo disse...

qto rima as pessoas comentam (ai, como sou cinica...). beijos, let

Anônimo disse...

gosto sem intençao.