quarta-feira, novembro 08, 2006

depressão (II ou III)

: faz suas coisas, é só a serotonina tentando te destruir.
parece que tem uma nuvem pentelha te seguindo o dia inteiro, apontando as coisas ruins, mas é que se você for ver bem elas nem são ruins, é um puta troço perverso sabe. fácil perder o prumo, dormir até que ninguém mais ouse te procurar. não dá pra parar de se achar um merda e pensar que ninguém gosta de você, acreditar nisso nesses instantes é bem dolorido cara. isso aí é trabalheira de racionalização todo dia, pra não se enganar. meu medo é que não seja mentira, e a minha mentira é achar que não é verdade.

2 comentários:

Vitor Guedes disse...

Quanto mais o infinito é o nosso horizonte
Menos a gente chega perto de algum lugar.
Será a liberdade a ausência de limites,
ou a simples noção de que sabemos onde vamos chegar?

Vitrô Guedes disse...

Ana, não sei como você sendo você consegue se sentir mal.





Precisamos virar uma dupla de 'neuro-cirurgiões' (tah certo isso?) para poder criar uma operação de redução de superego...