quinta-feira, junho 21, 2007

tereza

lente branca pra essa quarta feira,
a fuga da fuga
em doses homeopáticas:
cerveja a cada dia,
pedaço a cada esquina,
eco sem sujeito, óculos sem miopia.

não se procura e não se acha, enfim a sua resposta:
o nada.
no mais, só
as palavras
que nunca
se calaram no ar.

Um comentário:

peixe disse...

que bando de vida maluca