quinta-feira, fevereiro 08, 2007

lagoa

a leve tristeza da morte nas curvas dessa cidade.
ainda por cima essa chuva.
meu peito lateja,
solta as grossas gotas de lama da morte.
a verdade é que apesar de tudo eu também não poderia ver o mar:
me faria nos mil pedaços dos fogos de artifício.
o mar é muito pra mim,
assim só, e frágil.
antes de tudo eu precisaria olhar nos seus olhos e saber que você está lá me entendendo.
coisa de perceber o brilho dos olhos.

Um comentário:

peixe disse...

coisa de dividir as vistas