quinta-feira, março 26, 2009

i want you

os véus do outono me deixaram para trás.
agora violento os mesmos ares,
arrastando o vento com os dentes.

procurando os seus olhos,
pedindo pelo seu corpo.
pecando em silêncio.

2 comentários:

Joana disse...

Estava fazendo nada pela internet, clicando aqui e ali sem esperança de nada, olhando as coisas passarem despreocupada enquanto uma lágrima ou outra tentava rolar e com a garganta apertada eu conseguia manter meu rosto seco. Até que parei aqui e vi esses textos que me deixaram bem, não por me deixar melhor - nada me deixaria melhor agora - mas por afrouxar o nó da garganta, deixar as lágrimas mais afobadas molharem aqui e ali, lembrar que todos sofrem e todos ficam bem, que ela é só mais uma coisa do mundo, e esse está tão cheio de possibilidades que de pequena ela pode se tornar invisível e inaudível. Queria, portanto, agradecer. Obrigada.

Ana Roman disse...

Desse jeito rarefeito e desajeitado te dou um abraço.