quinta-feira, maio 18, 2006

por flor tenho loucura

conheço alguém que faz tudo certo. não vota, e mija fora do pinico. quando é dia de tomar banho, ela pensa, e se o corpo quer, e se a mente quer, ela toma. não tem planos, nem questões, não tem praticamente metafísica, em certas épocas da vida. ela muda, o tempo todo,
sem verdades, nem certezas. eu gosto dela. mas as vezes vem um conflito. sabe, se ela quer ela quer, mas se ela não
quer, ela não quer baby. e então me dá uma raiva tremenda,
e eu tenho vontade de comer seu pescoço, enfiar as unhas no coração.
mas aí, então, ela cresce de novo, como um balão. e eu a amo novamente.
e te dou espaço, e dou meu tempo, dou meu saco baby.
Tudo.
por esse superhomem mimado.

Um comentário:

superhomem-mimado disse...

ouça Loucura - Lupcinio Rodrigues, é o que estou ouvindo agora.

o moinho do meu mundo ás vezes entorta, empaca e demora um pouco pra pegar, aí tem que ser no tranco mesmo.

__________________________

essa parte em vazio, significa tudo que eu tentei escrever e não consegui.

te beijo.