domingo, agosto 06, 2006

a menininha e os lobos

passo o dia buscando razões que me justifiquem,
mas é mais fácil postar no horizonte.
pra nunca mais me sentir vazia,
eu finjo,
que nunca terei o que espero.
tão mais leve fingir que sentir,
sentir marca, pesa, e... desaparece.
faço-me de espectro então,
plenamente nada,
porque tenho medo.
(tenho tanto, que até com o medo me assusto).
não sei,
só sei que preciso de uns braços, e umas pernas,
ao menos uma mão que me ajude,
a descobrir essas pedras do caminho.

2 comentários:

superhomem mimado disse...

tem um livro aqui na minha estante "mulheres que correm com lobos"... comentário inútil. pode usar dos meus braços e das minhas pernas e das minhas mãos qdo você quiser.

aninha disse...

era sobre esse livro aí mesmo... a rê que tava me falando dele...