quinta-feira, agosto 31, 2006

barroco mineiro

desde sempre o delírio do comportamental, a ver, seu vestido não se mexe no vento, antes de tudo nem sequer vestido está. menina molhada de chuva, jogos e medos, falsos, o que motiva é inconsciente. cadê meu estado de graça, consciente do inconsciente? pra ninguém botar defeito vou bem só, se música e bebida houver. cruza a temporada da minha solidão.

Um comentário:

Anônimo disse...

http://site.ru - [url=http://site.ru]site[/url] site
site